APEA

Associação Portuguesa de Entusiastas de Aviação
Data/Hora: segunda out 23, 2017 7:44 pm

Hora +01:00 UTC+1


Regras do Fórum





Criar Novo Tópico  Responder a este Tópico  [ 3 mensagens ] 
Autor Mensagem
 Assunto da Mensagem: TAP para Acra?
MensagemEnviado: terça mar 22, 2011 12:25 am 
Desligado

Registado: quinta fev 24, 2005 1:19 pm
Mensagens: 147
Localização: Carcavelos/Porto
Estava eu a ver como andam as modas a nível de anúncios de recrutamento, quando vejo isto:

http://emprego.sapo.pt/emprego/anuncio/ ... escala-(mf).htm

Abraço,

Nuno

_________________
Nuno Pimentel
Sócio Nº 097


Topo
   
 Assunto da Mensagem: Re: TAP para Acra?
MensagemEnviado: terça mar 22, 2011 5:02 pm 
Desligado

Registado: quinta fev 24, 2005 1:19 pm
Mensagens: 147
Localização: Carcavelos/Porto
Afinal parece que é mesmo verdade.
Citar:
Depois do Mali, para onde a TAP vai começar a voar em Junho deste ano, a companhia de aviação nacional prepara-se para abrir duas novas ligações para África: Acra, no Gana, e São Vicente, em Cabo Verde. É a mais recente investida da transportadora aérea no mercado africano, que, no ano passado, representou 16 por cento das receitas, após um crescimento de seis por cento. E uma forma de reforçar a posição num território mais seguro, agora que a concorrência na América Latina aumenta.

TAP aposta no mercado africano
(Pedro Cunha (arquivo))

Tal como o PÚBLICO noticiou recentemente, a TAP vai inaugurar, em breve, uma nova frequência para o Gana. Iniciadas as consultas aeronáuticas entre aquele país e as autoridades portuguesas, com intervenção do Instituto Nacional da Aviação Civil (INAC), a transportadora aérea, detida a 100 por cento pelo Estado, já começou a recrutar pessoal para a nova ligação a Acra, a capital ganesa.

Apesar de a empresa afirmar que “ainda não há novidades” quanto a este tema, colocou um anúncio de recrutamento para “chefes e supervisores de escala”. Nesse aviso, identifica como escalas novas frequências já anunciadas, como Porto Alegre, Miami e Atenas e também Acra, no Gana, pedindo que as candidaturas sejam enviadas “até 31 de Março”.

Outro destino que estava em estudo e vai concretizar-se é São Vicente, em Cabo Verde. A TAP tinha vindo a adiar a abertura da rota devido a problemas de abastecimento de combustível no aeroporto local, mas este constrangimento foi ultrapassado. A transportadora aérea avançou ao PÚBLICO que o início da operação está “prevista para Julho”, sendo que haverá dois voos semanais para a ilha cabo-verdiana.

Pressão da concorrência

Acra e São Vicente juntam-se, assim, à cidade de Bamako, no Mali, para onde a companhia de aviação vai começar a voar já em Junho, com três voos por semana. Estes reforços surgem numa altura em que o mercado africano vai ganhando cada vez mais peso nas contas da TAP, tendo representado 16 por cento das receitas totais, em 2010, depois de um crescimento de seis por cento, o que significa que gerou perto de 300 milhões de euros em vendas.

Actualmente, a transportadora aérea voa para 11 destinos em África: Casablanca, Marraquexe, Argel, Dakar, Luanda, Maputo, Joanesburgo, Bissau, São Tomé, Praia e Sal. Com o aumento de ligações para o continente africano, é provável que o peso deste mercado no volume de negócios da TAP aumente em 2011.

Esta decisão também está associada ao aumento da concorrência num mercado considerado estratégico para a companhia de aviação nacional: a América Latina e, mais concretamente, o Brasil. Tanto a espanhola Iberia, como a alemã Lufthansa têm estado atentas ao mercado brasileiro, inaugurando rotas que concorrem com as frequências da TAP, nomeadamente para o Rio de Janeiro e São Paulo.

Apesar desta investida, o Brasil continua a ser o principal motor de crescimento das receitas da companhia de aviação nacional, tendo aumentado as vendas 33 por cento em 2010, o que fez com que passasse a representar 35 por cento do volume de negócios total, ou seja, cerca de 645 milhões de euros.

Recorde-se que o processo de privatização da TAP poderá avançar ainda este semestre, o que explica o crescimento da rede, em nome da atractividade da transportadora. Além disso, comprometeu-se, junto do Governo, a aumentar as receitas, como forma de compensar uma redução parcial dos custos, exigida no Orçamento do Estado para 2011.



A aposta em África

11 - A TAP voa para 11 destinos africanos, que vão aumentar para 14, com a entrada no Mali e Gana e reforço em Cabo Verde.

16% - África representou 16 por cento do volume de negócios da TAP em 2010, ou seja, perto de 300 milhões de euros

6% - No ano passado, as receitas da venda de passagens para o mercado africano cresceram seis por cento


In Publico Online

Abraço,

Nuno

_________________
Nuno Pimentel

Sócio Nº 097


Topo
   
 Assunto da Mensagem: Re: TAP para Acra?
MensagemEnviado: terça mar 22, 2011 9:17 pm 
Desligado
Site Admin
Avatar do Utilizador

Registado: segunda out 25, 2004 3:25 pm
Mensagens: 5405
Localização: Valongo / Porto
Não sei se ajuda:

(Clicar aqui)

_________________
Alberto Oliveira
Sócio Nº 110
Imagem


Topo
   
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar Novo Tópico  Responder a este Tópico  [ 3 mensagens ] 

Hora +01:00 UTC+1


Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 3 visitantes


Criar Tópicos: Proibido
Responder Tópicos: Proibido
Editar Mensagens: Proibido
Apagar Mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Pesquisar por:
Ir para:  
cron
Desenvolvido por phpBB® Forum Software © phpBB Limited
Traduzido por: phpBB Portugal