APEA

Associação Portuguesa de Entusiastas de Aviação
Data/Hora: segunda nov 20, 2017 12:31 pm

Hora +01:00 UTC+1


Regras do Fórum





Criar Novo Tópico  Responder a este Tópico  [ 5 mensagens ] 
Autor Mensagem
MensagemEnviado: terça ago 07, 2012 11:07 pm 
Desligado

Registado: quarta out 14, 2009 11:39 am
Mensagens: 135
Localização: Mafra
De volta ao Brasil, de volta ao longo curso da TAP


A marcação da viagem:

A ideia de voltar ao Brasil surgiu quando vi uma promoção da Lufthansa a 599€. Para beneficiar deste bom preço, quando comparado com o preço da TAP para o voo direto, teria de fazer Lisboa-Frankfurt-Rio de Janeiro e o percurso inverso no regresso. Apesar de considerar a LH uma ótima companhia, não estava muito na disposição de fazer esta escala em Frankfurt e de voar num antigo Boeing 747.

Mentalizado que ia regressar ao Brasil, comecei a procurar uma outra solução: a ida pela TAP a partir de um outro país, pois as tarifas são bem mais baratas que o voo direto à partida de Lisboa. O mais barato que encontrei foi por Bruxelas a cerca de 531,00€. Escolhi fazer o último voo de dia 14/06, podendo desta forma vir dormir a casa. Assim sendo, fiz:

Dia 14/06
- Apresentei-me no aeroporto de Lisboa apenas com uma pequena mochila
- Voo Lisboa-Bruxelas (partida às 13h05)
- Esperar no lounge Star Alliance (SAS) em Bruxelas
- Voo Bruxelas-Lisboa (partida às 20h15)
- Dormir em casa e fazer a mala
Dia 15/06
- Regressei ao aeroporto de Lisboa com mala de porão
- Voo direto entre Lisboa e o Rio de Janeiro

O plano pareceu-me perfeito !, mas comprando bilhete com partida de Bruxelas, teria de ir a Bruxelas apanhar o voo. Faltava-me então comprar o voo entre Lisboa e Bruxelas e juntar este custo ao bilhete intercontinental da TAP.

Optei por comprar o seguinte bilhete na Lufthansa: Lisboa-Bruxelas operado pela Brussels Airlines e Berlim-Lisboa para 3 de setembro. Na compra dos voos LIS-BRU e BER-LIS gastei 137€. Atendendo que o voo Berlim-Lisboa na TAP para o dia 3 de setembro estava a 95€, significa que gastei apenas 42€ para fazer o Lisboa-Bruxelas.

Desta forma consegui uma viagem para o Brasil a menos de 600€, bem menos que os mais de 900€ que custava o voo direto e apenas com o trabalho de ir a Buxelas no dia anterior apanhar o voo.

As companhias têm esta politica tarifaria, apenas "joguei" com isso ...


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Os voos anteriores (LIS-BRU-LIS):

SN 3816
Dia 14/06/2012
Lisboa-Bruxelas
LIS 13h05 – BRU – 16h50
Airbus A319 (OO-SSQ)
Lugar 10A (fila de emergência)

Embarque na porta 14 através de manga. Aproximadamente 15m de atraso no push-back, mas foi possível recuperar o atraso inicial.

Como tinha comido no lounge da TAP antes do embarque, não comi nada a bordo. Voo tranquilo e desembarque por manga no aeroporto da capital belga.

O produto da Brussels Airlines melhorou significativamente com a substituição dos velhinhos B737 por estes A319/320.

Depois de esperar cerca de 3h no lounge da SAS e saborear uma belas cervejas belgas, estava na hora do regresso a Lisboa de onde tinha partido umas horas antes. Agora já na qualidade de passageiro TP com destino ao Rio de Janeiro.

O A320 OO-SSQ da Brussels (foto de Stéphane Mutzenberg – Airliners)
Imagem

A aguardar novo voo no lounge da SAS em Bruxelas
Imagem

Imagem

Imagem

Vida boa, beber cerveja a ver aviões
Imagem


TP 619
Dia 14/06/2012
Bruxelas – Lisboa
BRU 20h15 – LIS 22h00
Airbus A320 (CS-TNJ – Florbela Espanca)
Lugar 5A (primeira Fila da económica)
Cmdt: João Assunção

O A320 da TAP na manga de embarque de BRU
Imagem

A voar …
Imagem

Os interiores deste A320 onde já se nota o peso dos anos
Imagem

Imagem

Embarque por manga, push-back 6 minutos após a hora marcada e começamos a voar às 20h36 a partir da pista 07R.

Às 21h20 serviram o jantar, um bom (padrão de avião e não de restaurante) prato de arroz com carnes. Passamos por uma zona de turbulência e aterramos em Lisboa na pista 03 às 22h18, menos 1h que em Bruxelas.

A refeição servida neste voo de médio-curso
Imagem

O A320 CS-TNJ (foto de Rui Miguel – Airliners)
Imagem

Um excelente voo por parte da TAP !


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


O voo principal:

Dia: 15/06/2012
Companhia: TAP
Voo: TP 073
Rota: Lisboa – Rio de Janeiro
Horário: LIS 09h20 – GIG 15h20
Avião: Airbus A340 (CS-TOA) (cn 41 – 1º voo em 22/12/1994)
Lugar: 12A (janela e primeira fila da económica)
Distância: 4778 mi / 7690 km
Ocupação: 212 passageiros (77% de ocupação). 35 Passageiros em executiva.
Comandante: Carlos Coutinho
Preço: 531,00€ (BRU-LIS-GIG-LIS)

Devido a algum trânsito acabei por não chegar com muita antecedência ao aeroporto de Lisboa. Fui à "área premium" deixar a minha bagagem e fazer o controlo de segurança, aproveitando o serviço "fast lane". Tudo isto levou pouco tempo.

Fui tomar o pequeno-almoço ao lounge da TAP e, passado pouco tempo, fui fazer o controlo fronteiriço. Como tenho um passaporte dos mais recentes, consegui fazer este controlo de um modo completamente automático e bastante rápido. Em menos de uma hora após ter entrado no aeroporto de Lisboa estava na porta de embarque.

O belo lounge da TAP em Lisboa
Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Parte do pequeno-almoço
Imagem

A (relativamente) nova área de Terminal 1 do aeroporto de Lisboa
Imagem

A sala de embarque
Imagem

O número do voo e o code-share com a TAM
Imagem

Os passageiros entraram para o A340 através de manga de embarque, coisa impossível há uns anos atrás em Lisboa. Todo este processo foi rápido e ordeiro. Como é hábito fui dos últimos a entrar para o avião e sentei-me no lugar 12A, a primeira fila da classe económica. É um lugar espaçoso mas que não deixa esticar por completo as pernas. À sua frente situa-se os lugares de descanso da tripulação.

O A343 CS-TOA já na manga telescópica preparado para o embarque
Imagem

O meu lugar
Imagem

O grande espaço para pernas
Imagem

O cartão de segurança
Imagem

Imagem

Tinha curiosidade em saber qual o estado dos interiores dos A340, agora que esta frota está em processo de renovação dos interiores. Para um avião a caminho dos 18 anos de uso, o aspeto geral da cabine é ainda muito satisfatório, tendo como pontos fracos os assentos e a falta de entretenimento individual. Sabendo deste facto além de leitura, levei filmes e jogos no meu computador de modo a aguentar melhor as 10h de viagem.

A cabine deste A340 com quase 18 anos de idade
Imagem

Imagem

O CS-TOA não tem ainda sistema de entretenimento individual e para piorar ainda mais este capítulo, os "ecrãs coletivos" estiveram sempre desligados, com exceção da exibição do filme "Compramos um zoo".

Os ecrãs desligados durante a viagem
Imagem

Os ecrãs só estiveram ligados durante a exibição do filme «Compramos um Zoo»
Imagem

A revista Up, mais uma forma de entreter o tempo neste LIS-GIG
Imagem

Não houve nenhum filme sobre a companhia, nenhum filme a divulgar as belezas de Portugal – o que podia atrair mais passageiros brasileiros ao nosso país -, nenhuma indicação sobre os dados do voo, pequenos filmes ... nada ! Não consegui compreender o porquê deste facto e é um ponto que a TAP deveria rever.

O voo fechou as portas às 9h39 e às 9h44 (+ 24m) fizemos o push-back. O A340 descolou, com o pouco vigor que lhe é reconhecido, às 10h02 a partir da pista 03. Aproveitei os primeiros minutos do voo para dormir um pouco, assim além de repor o sono perdido, não era tão penoso passar 10h a bordo deste A340.

A saída de Lisboa, a deixar o terminal …
Imagem

O inicio do voo
Imagem

A tripulação, simpática por sinal, começou a servir o almoço às 11h20. Achei um pouco cedo e teria preferido comer primeiro um snack e almoçar mais tarde. Mas é assim o atual serviço da TAP ...

Achei a refeição fraca, especialmente devido à carne dura, com bocados de gordura. Confesso que não consegui comer toda esta carne. As bebidas continuam de excelente qualidade. Também tive o azar do meu garfo estar sujo de gordura (a máquina lavou mal), tive de chamar a assistente e pedir a troca do garfo, um processo que demorou uns longos 10 minutos.

O almoço a bordo
Imagem

Um chá servido a seguir ao almoço
Imagem

Há uns anos atrás quando voei na Qatar Airways, levado pelo patriotismo e gosto pela TAP, pensei que a diferença de qualidade entre estas duas companhias não era assim tão grande. Agora, ao voar na TAP consegui perceber que a principal diferença está nos detalhes, nos pormenores. Uma das coisas que me desiludiu neste voo foi a "ausência" da tripulação entre as refeições. Noutras companhias estão constantemente a passar pelo corredor a ver se está tudo bem e a oferecer líquidos, na TAP ... nada !

Ás 18h foi servido o lanche, mais de 6h passadas sobre o almoço. Confesso que já estava com alguma fome, devido a não ter comido o almoço todo e ao muito tempo entre as duas refeições. No voo de regresso, após conversa com o passageiro do lado, fiquei a saber que existiam umas quantas sandes para os passageiros com fome.

O lanche
Imagem

Às 19h10, 15h10 na hora brasileira, depois de um voo bastante calmo em termos de turbulência, começamos a descer para o Rio de Janeiro. Consegui ver as montanhas que rodeiam o RJ e a pista do GIG-Galeão lá em baixo. Depois dos movimentos de aproximação, aterramos suavemente no GIG. O desembarque foi por manga e enquanto esperava pelo controlo de passaporte, vi o A330 da TAP proveniente do Porto a aterrar.

A voar sobre o continente africano
Imagem

A pista do Galeão lá em baixo …
Imagem

O montanhoso estado do Rio de Janeiro durante a aproximação
Imagem

O A340-300 já no aeroporto internacional do Rio de Janeiro
Imagem

O terminal do Galeão – GIG
Imagem

O controlo de passaporte e de alfândega foram rápidos e a minha mala (com prioridade Star Alliance Gold) foi das primeiras a surgir no tapete. Estava então no meu amado Rio de Janeiro ...

O A340-300 CS-TOA (Foto de Tiago Palla - Airliners)
Imagem


Em resumo:
Perante aquilo que hoje o setor da aviação oferece ao nível dos voos de longo curso, considerei este voo da TAP um produto fraco. Assentos a melhorar, entretenimento muito reduzido, refeição sofrível e pouco empenho/presença da tripulação.
Ainda assim dou uma nota ligeiramente positiva a este voo por terem cumprido com pontualidade a missão do transporte entre Lisboa e o Rio de Janeiro e pela simpatia da tripulação.



cumprimentos,

João P. Gomes

_________________
Imagem

João Pedro Gomes
Sócio Nr. 230


Topo
   
MensagemEnviado: quarta ago 08, 2012 8:57 am 
Desligado

Registado: sexta jul 28, 2006 8:02 pm
Mensagens: 1633
Localização: Povoa de Varzim
Bom report (gosto)

_________________
Carlos Gois
Sócio Nr. 109


Topo
   
MensagemEnviado: sábado ago 11, 2012 11:31 pm 
Desligado
Avatar do Utilizador

Registado: terça jan 07, 2003 1:28 am
Mensagens: 7352
Localização: Porto
Obrigado João por mais este report. Tenho de aprender estas tácticas de marcação de voos :mrgreen: :wink:

_________________
Luis Gonçalves
Sócio Nr. 001
Imagem


Topo
   
MensagemEnviado: terça set 04, 2012 8:15 pm 
Desligado

Registado: quarta out 14, 2009 11:39 am
Mensagens: 135
Localização: Mafra
Caros,

Finalmente, a segunda parte da viagem ao Brasil com a TAP

Dia: 25/06/2012
Companhia: TAP
Voo: TP 076
Rota: Rio de Janeiro – Lisboa
Horário: GIG 22h35 – LIS 12h15
Avião: Airbus A330 (CS-TOI) (cn 195 – 1º voo em 04/12/1997)
Lugar: 38H
Distância: 4152 nm / 7690 km
Ocupação: Praticamente cheio
Comandante: Lopes Matos
Preço: 531,00€ (BRU-LIS-GIG-LIS)

Fiz o check-in pela internet na manhã do voo. Com base no mapa de assentos no site da TAP e no site «Seat Guru» (ver: http://www.seatguru.com/airlines/TAP_Po ... s_A330.php ), marquei o lugar 38H com esperança de ter mais espaço livre para as pernas. Quando cheguei ao avião reparei que este A332 da TAP não tem esse "espaço extra". Fiquei com a ideia que nas últimas filas deste lado havia menos uma fileira de lugares, proporcionando assim mais espaço para as restantes. Mas com este ex-Austrian isso não acontece.

Cheguei ao aeroporto internacional do RJ com a devida antecedência, perguntei no balcão de check-in se podia levar a mala com as dimensões de bagagem de mão e a mochila para o avião e foi-me dito que sim. Havia mais passageiros na classe económica com dois volumes de bagagem.

Depois foi passar pela segurança e controle de passaportes. Fui à Sala Vip Smiles, que achei fraca, e depois ao lounge da TAM. Fui dos últimos a entrar no CS-TOI, um avião que já serviu para outras minhas viagens ao Brasil. O embarque, por ponte telescópica, decorreu sem problemas.

A Sala Vip Smiles:
Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

O lounge da TAM:
Imagem

Imagem

O embarque:
Imagem


O A330 com as cores nacionais saiu da sua posição às 22h29 (-6m) e passados uns minutos deixou para trás a bela cidade do Rio de Janeiro. Chegados à altitude de cruzeiro a tripulação iniciou o serviço de bordo. Como tinha já tinha jantado, abdiquei do prato principal tendo comido apenas o pão, as bolachas e a sobremesa.

Um assento da fila 38:
Imagem

O jantar servido, já sem o prato principal:
Imagem

Aspeto da cabine:
Imagem


O sistema de entretenimento individual não estava a funcionar, o mesmo acontecia com o do meu vizinho do lado. Ele chamou um comissário, mas nada ... passado uns largos minutos voltou a fazer o mesmo pedido e então lá foi feito um "reset" nos nossos lugares. Entretanto lá fomos falando sobre a TAP, viagens e o Rio de Janeiro. As tantas falar um com o outro foi o entretenimento deste voo.

Aproveitei para dormir e acordei quando estava a ser servido o pequeno-almoço. Já estávamos bem perto de Portugal. Após uma bela aproximação a Lisboa, aterramos na pista 03 de Lisboa ainda antes da hora programada (12h15).

O pequeno-almoço:
Imagem

O cartão de segurança:
Imagem

O A330 CS-TOI já na manga de (des)embarque em Lisboa:
Imagem


Viajando apenas com bagagem de mão e como possuo um passaporte eletrónico, que não requer intervenção humana, depressa estava junto à saída do aeroporto de Lisboa. Fui apenas informar a TAP que não iria fazer o voo Lisboa-Bruxelas.

O A330 CS-TOI (Foto de Carlos Miguel Seabra - Airliners)
Imagem


Em resumo:
Voar em A330 oferece um outro conforto aos passageiros quando comparado com os A340 com os antigos interiores, nomeadamente ao nível do entretenimento a bordo. Para minha infelicidade o ecrã do meu assento esteve desligado na parte inicial do voo. As refeições foram medianas, nada a apontar à tripulação e o voo foi pontual. Um bom voo da TAP mas sem deslumbrar.



Um abraço,

João P. Gomes

_________________
Imagem

João Pedro Gomes
Sócio Nr. 230


Topo
   
MensagemEnviado: terça mar 12, 2013 9:20 pm 
Desligado
Avatar do Utilizador

Registado: terça jan 07, 2003 1:11 am
Mensagens: 104
Localização: Lisboa
joaogomes Escreveu:
Há uns anos atrás quando voei na Qatar Airways, levado pelo patriotismo e gosto pela TAP, pensei que a diferença de qualidade entre estas duas companhias não era assim tão grande. Agora, ao voar na TAP consegui perceber que a principal diferença está nos detalhes, nos pormenores. Uma das coisas que me desiludiu neste voo foi a "ausência" da tripulação entre as refeições. Noutras companhias estão constantemente a passar pelo corredor a ver se está tudo bem e a oferecer líquidos, na TAP ... nada !


Ainda há dias almoçava com uma colega da Qatar que me disse que estava numa tripulação de 16 (!) elementos de cabine no A330, contra os 9 elementos da TAP. Não se fazem milagres nem omoletes sem ovos...

_________________
André Malhão
Sócio Nr. 038


Topo
   
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar Novo Tópico  Responder a este Tópico  [ 5 mensagens ] 

Hora +01:00 UTC+1


Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 5 visitantes


Criar Tópicos: Proibido
Responder Tópicos: Proibido
Editar Mensagens: Proibido
Apagar Mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Pesquisar por:
Ir para:  
Desenvolvido por phpBB® Forum Software © phpBB Limited
Traduzido por: phpBB Portugal