APEA

Associação Portuguesa de Entusiastas de Aviação
Data/Hora: quinta nov 23, 2017 12:23 pm

Hora +01:00 UTC+1


Regras do Fórum





Criar Novo Tópico  Responder a este Tópico  [ 7 mensagens ] 
Autor Mensagem
 Assunto da Mensagem: Voando na prestigiada Emirates
MensagemEnviado: quarta jan 01, 2014 9:13 pm 
Desligado

Registado: quarta out 14, 2009 11:39 am
Mensagens: 135
Localização: Mafra
Caros,

Voando nas asas da Emirates.


A marcação da viagem:

Para a minha viagem inter-continental deste ano decidi visitar a Índia com dois amigos de infância no mês de março. Como quis correr a Meia-Maratona de Lisboa no dia 24, perdi a parte inicial da viagem deles e combinamos juntarmos ao final da tarde de dia 26 em Jaipur.

Tinha portanto que comprar os voos para a Índia. A escolha foi muito fácil e recaiu na Emirates por todos estes motivos:
- Bom preço (578,08€)
- Podia experimentar uma companhia com grande prestígio e qualidade.
- O facto do voo ser às 18h00, permitia-me correr a Meia Maratona de manhã e voar ao final da tarde, ganhando desde logo um dia na viagem.
- Flexibilidade na marcação da viagem, o que possibilitou fazer duas escalas (na ida e na volta) no Dubai e assim visitar uma amiga que uns meses antes trocou a TAP pela Emirates.
- Os meus amigos também viajavam na Emirates e o voo de regresso seria feito em conjunto.

A compra foi realizada no site da Emirates no dia 27/11/2012. Foi com facilidade que concluí a reserva e fiz o pagamento com o cartão de crédito. Nota positiva igualmente para a flexibilidade na escolha dos voos. Com vários voos diários entre os EAU e a Índia, torna-se fácil encontrar os voos com os melhores horários para a nossa viagem, inclusive escolher "stop overs" no Dubai.

Compra feita, restava-me aguardar pela estreia nos aviões da conceituada EK ...

O voo:

Dia: 24/03/2013
Companhia: Emirates
Voo: EK192
Rota: Lisboa – Dubai
Horário: LIS 18h00 – DXB 05h25
Avião: Boeing 777 300ER (A6-EBI) (cn 32785 – 1º voo em 23/11/2005)
Lugar: 25G (lugar externo no corredor)
Distância: 3821 mi / 6149 km
Ocupação: Mais de 90% (apenas 28 lugares livres)
Preço: 578,08€ (LIS-DXB, DXB-BOM, DEL-DXB e DXB-LIS)

Foi com o corpo cansado pelos 21km da Meia-Maratona em 1h33 que compareci no aeroporto de Lisboa a meio da tarde. Felizmente o aeroporto estava bastante calmo aquela hora. Fiz o check-in online no dia anterior e fui deixar a mala de porão no balcão específico. Depois foi passar pelo controlo de segurança e aguardar pelo voo no lounge da TAP, companhia que tem um acordo de "code share" com a Emirates nesta rota.

Área de check-in da Emirates em Lisboa:
Imagem

Imagem

A hora marcada fui até à porta de embarque. Fui dos últimos a entrar no avião e tudo foi feito com grande calma. O embarque dos mais de 300 passageiros fez-se recorrendo a ponte telescópica.

A área não Schengen do aeroporto de Lisboa, com publicidade a uma marca angolana:
Imagem

O B777 da Emirates aquando do embarque:
Imagem

O embarque:
Imagem

Entrei por fim num avião da Emirates. Avião em bom estado de conservação, muito limpo e tudo muito arrumado. A longa rotação entre o EK191 e o EK192 ajudaram a que tudo fosse perfeito. Decoração em tons claros e agradável à vista, embora sem ser "algo de absolutamente espetacular".

O interior do B777 da Emirates:
Imagem

Imagem

As cadeiras da classe superior:
Imagem

O WC:
Imagem

Como o voo era realizado durante a noite escolhi um lugar nas filas do corredor. O assento era em tecido, apresentava o espaço indicado para viagens de longo curso e era dotado de um sistema de entretenimento individual chamado pela companhia de ICE (informação, comunicação e entretenimento).

O meu assento:
Imagem

Imagem

O sistema de entretenimento individual:
Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

O comando do sistema de entretenimento:
Imagem

Com todos os passageiros devidamente sentados, saímos da posição às 17h49 (-11m) e às 18h01 começamos a voar a partir da pista 03. Às 19h00 serviram um aperitivo e o jantar foi servido às 19h40. A refeição era composta de vários acompanhamentos e quanto ao sabor/gosto, nada de especial. Classificava de: "normal comida de avião". Passados 10m (19h50) passamos por um período de turbulência.

O aperitivo servido:
Imagem

O jantar:
Imagem

A tripulação, composta por dezoito elementos, tinha vários elementos que falavam português. As comunicações aos cliente a bordo foram maioritariamente feitos por uma assistente de bordo brasileira. Passaram várias vezes pela cabine a oferecer bebidas aos passageiros.

Informação sobre o voo EK192:
Imagem

Imagem

Às 0h58 aterramos no aeroporto do Dubai (+ 4h00 nos Emirados Árabes Unidos), 27 minutos antes da hora programada. Aterragem suave e a caminho do stand apareceram nos ecrãs individuais informações sobre o tapete onde podíamos recolher a nossa bagagem e sobre as portas dos voos de ligação. Pormenores é certo, mas são estes que fazem da EK uma das melhores companhias do mundo.

Indicações sobre os voos de conexão:
Imagem

Informação sobre o tapete onde podíamos recolher a bagagem de porão:
Imagem

O desembarque foi por ponte telescópica e decorreu com normalidade. O aeroporto do Dubai impressiona pelo tamanho e qualidade, sendo qualquer coisa de extraordinário. Aquela hora o aeroporto estava bastante calmo, pelo que foi fácil e relativamente rápido chegar à saída do mesmo, atendendo ao facto de ter de passar pelo controle de passaportes e recolher a bagagem.

O aeroporto do Dubai:
Imagem

Imagem

A recolha gratuita de carrinhos para as pequenas crianças:
Imagem

A recolha de bagagem:
Imagem

O A6-EBI (foto de Sarmad Al-Khozaie - Airliners)
Imagem


Conclusão:
Um bom voo da Emirates. Pontualidade, avião em bom estado e confortável, bom sistema de entretenimento individual e tripulação em bom nível. O ponto negativo deste voo foi, na minha opinião, não ter sido servida uma refeição ligeira antes da aterragem. Foi este facto que impediu-me de dar nota máxima a este EK192.



Voltarei nos próximos dias com mais relatórios de voos na Emirates.

Um abraço,

Jopeg

_________________
Imagem

João Pedro Gomes
Sócio Nr. 230


Topo
   
 Assunto da Mensagem: Re: Voando na prestigiada Emirates
MensagemEnviado: segunda jul 28, 2014 11:47 pm 
Desligado

Registado: quarta out 14, 2009 11:39 am
Mensagens: 135
Localização: Mafra
Caros,

Já com alguma demora, é certo, aqui está mais uma etapa dos meus voos na Emirates.

O voo:

Dia: 26/03/2013
Companhia: Emirates
Voo: EK 506
Rota: Dubai – Mumbai
Horário: DXB 09h25 – BOM 13h55
Avião: Airbus A330-243 (A6-EKU) (cn 295 – 1º voo em 19/08/1999)
Lugar: 17K (janela)
Distância: 1198 mi / 1928 km
Ocupação: Excelente (uma percentagem alta de ocupação)
Preço: 578,08€ (LIS-DXB, DXB-BOM, DEL-DXB e DXB-LIS)

Depois de um dia e meio de escala ("stop over") no Dubai estava na altura de viajar até à Índia, o destino principal desta minha viagem.

O voo até Mumbai seria o meu segundo voo na Emirates, agendado para uma terça-feira de manhã e operado num Airbus A330.

Fui de táxi até ao aeroporto do Dubai e cheguei relativamente cedo. Este aeroporto impressiona pela sua grandeza e qualidade. Fiz o check-in num dos pontos automáticos, um processo fácil e rápido. Depois foi passar pelos normais controlos de passaporte e segurança. Tudo decorreu de uma forma célere e às 7h05 estava na porta de embarque.

A entrada no espetacular aeroporto do Dubai:
Imagem

As maquinas de check-in automáticas:
Imagem

O interior do aeroporto:
Imagem

Os voos daquela manhã. No meio de tantos EK, um code-share com a TAP:
Imagem

Os enormes elevadores de DXB:
Imagem

Uma porta de embarque:
Imagem

Os corredores do aeroporto do Dubai:
Imagem

Muito bem construído e com muita luz natural:
Imagem

A leitura de bordo ao dispor dos passageiros:
Imagem

Com o A330 parqueado longe das pontes de embarque a companhia utilizou autocarros para transportar os passageiros até ao avião. Um "pouco acidentalmente" acabei por ir no autocarro destinado à primeira classe.

O autocarro que transporta os passageiros da primeira classe:
Imagem

Chegado ao avião não pude deixar de reparar que este A330, já com 13 anos de idade, não era tão moderno como o B777 que a Emirates utilizou no Lisboa-Dubai. O sistema de entretenimento individual, apesar de bom nível, não tinha o mesmo "encanto" do utilizado nos recentes modelos da Boeing.

Os bancos do A330 da EK:
Imagem

Imagem

O sistema de entretenimento individual:
Imagem

Os assentos da primeira classe:
Imagem

Ainda antes do avião começar a dirigir-se para a pista foi servido um sumo de limão.

A bebida oferecida no inicio do voo:
Imagem

A taxiar em DXB:
Imagem

Imagem

O inicio do voo:
Imagem

Imagem

Imagem

Toalha para lavar as mãos e os autocolantes para informação aos PNC:
Imagem

Fomos voando a 39.000 pés de altitude, num voo tranquilo em termos de turbulência. O voo até à Índia é curto e a bordo de um avião de longo curso com um eficaz sistema de entretenimento, o voo "passa a correr".

Às 10h41 foi servida a refeição. Foi respeitado o meu pedido online para uma refeição especial. Antes da refeição foi distribuída uma toalha quente para lavar as mãos.

A refeição especial de baixo teor de gordura que solicitei uns dias antes:
Imagem

Os cartões de segurança deste modelo:
Imagem

Imagem

A revista de bordo:
Imagem

Informação sobre o entretenimento de bordo:
Imagem

Pelas 13h50 (+1h30 de diferença horária) aterragem forte em Mumbai. Desembarque por manga. O aeroporto internacional de Mumbai (BOM) é uma infraestrutura antiga, sombria e sem grande nível de conforto.

O avião da Emirates já em solo indiano:
Imagem

O A330 A6-EKU (foto de Thomas Marten - Airliners)
Imagem


Conclusão:
Um bom voo da Emirates. Pontualidade, um avião em boas condições e pormenores que fazem a diferença ... assim é fácil perceber o sucesso da EK



Abraço,

João P. Gomes

_________________
Imagem

João Pedro Gomes
Sócio Nr. 230


Topo
   
 Assunto da Mensagem: Re: Voando na prestigiada Emirates
MensagemEnviado: terça jul 29, 2014 3:26 pm 
Desligado
Site Admin
Avatar do Utilizador

Registado: segunda out 25, 2004 3:25 pm
Mensagens: 5405
Localização: Valongo / Porto
Excelente report, parabéns.

Gostei do pormenor dos autocolantes de informação aos pnc´s (gosto)

_________________
Alberto Oliveira
Sócio Nº 110
Imagem


Topo
   
 Assunto da Mensagem: Re: Voando na prestigiada Emirates
MensagemEnviado: terça jul 29, 2014 8:24 pm 
Desligado

Registado: quarta out 14, 2009 11:39 am
Mensagens: 135
Localização: Mafra
albertooliveira Escreveu:
Excelente report, parabéns.

Gostei do pormenor dos autocolantes de informação aos pnc´s (gosto)


Caro albertooliveira,

São estes pormenores simples (e baratos ao nível de uma companhia aérea) que acabam às vezes por fazer a diferença na hora de escolher a companhia em que vamos voar.

Com estes autocolantes o passageiro pode definir o que é mais importante para si: comer ou continuar a dormir.

Abraço,

João Pedro

_________________
Imagem

João Pedro Gomes
Sócio Nr. 230


Topo
   
 Assunto da Mensagem: Re: Voando na prestigiada Emirates
MensagemEnviado: terça out 28, 2014 9:26 pm 
Desligado

Registado: quarta out 14, 2009 11:39 am
Mensagens: 135
Localização: Mafra
Caros,

Já com alguma demora, é certo, aqui está mais uma etapa dos meus voos na Emirates.

O voo:

Dia: 01/04/2013
Companhia: Emirates
Voo: EK 517
Rota: Deli – Dubai
Horário: DEL 16h15 – DXB 18h10
Avião: Airbus A330-243 (A6-EAH) (cn 409 – 1º voo em 15/05/2001)
Lugar: 26A (janela)
Distância: 1360 mi / 2188 km
Preço: 578,08€ (LIS-DXB, DXB-BOM, DEL-DXB e DXB-LIS)

A minha viagem à Índia terminou em Deli. Do centro da cidade apanhei um táxi até ao aeroporto. Esta infraestrutura surpreendeu-me positivamente, o terminal é moderno, funcional, bem iluminado e confortável. Um aeroporto bem mais apelativo do que o aeroporto de entrada na Índia, o Mumbai (BOM).

O moderno aeroporto da capital indiana:
Imagem

Imagem

Alguns dos aviões no aeroporto de Deli:
Imagem

Imagem

Uma forte presença da Air India:
Imagem

Um A319 da Drukair:
Imagem

Este voo entre Deli e o Dubai estava previsto num A332, um modelo que (na configuração da Emirates) considero inferior aos B777 da mesma companhia. Quando cheguei à porta que servia este voo já o A6-EAH esperava pelos passageiros. O embarque foi ordeiro tendo sido utilizada uma ponte telescópica para acesso à cabine do avião. Mesmo não estando cheio a ocupação registava valores interessantes.

O A330 da Emirates já na ponte de embarque:
Imagem

Às 16h17 (+2m) foi realizado o push back. Passados uns minutos descolamos e a parte inicial do voo foi bastante tranquila. A tripulação serviu a refeição às 17h44, uma refeição com influência indiana e que me agradou.

A voar:
Imagem

O interior do A330 da Emirates:
Imagem

Imagem

Imagem

Os assentos da classe executiva:
Imagem

A revista de bordo da Emirates:
Imagem

A frota da EK (dados de 04/2013):
Imagem

Imagem

A refeição servida:
Imagem

Uma curiosidade deste voo foi uma ação de promoção levada a cabo pela Emirates. Uma assistente, após autorização, tirava uma foto às crianças daquele voo com uma maquina Polaroid, colocava a foto num álbum e entregava o conjunto à feliz criança. A Emirates no seu melhor, com um gesto simples e barato conseguem incrementar a imagem da companhia.

Uma assistente usa uma Polaroid para tirar fotos às crianças:
Imagem

Às 19h40 começamos a descida para o aeroporto do Dubai. Às 19h53 (-1h30) aterramos de um "modo brusco". O desembarque foi por ponte telescópica e depois de passar pelo controle de passaporte e recolher a bagagem, fui de metro até ao centro da cidade.

A chegada ao Dubai:
Imagem

Imagem

Imagem

No aeroporto DXB:
Imagem

Imagem

Já parqueado no aeroporto do Dubai:
Imagem

O luxuoso aeroporto dos Emirados Árabes Unidos:
Imagem

Imagem

O A330-200 A6-EAH (foto de Pawel Cieplak - Airliners)
Imagem


Conclusão:
Apesar de ser mais fã dos Boeings 777 da companhia este foi um voo muito agradável. Avião em boas condições, bom sistema de entretenimento, boa refeição, nada a apontar à tripulação e voo bastante pontual. Mesmo sem deslumbrar, nota positiva para a EK neste DEL-DXB



cumprimentos,

João Pedro

_________________
Imagem

João Pedro Gomes
Sócio Nr. 230


Topo
   
 Assunto da Mensagem: Re: Voando na prestigiada Emirates
MensagemEnviado: quarta out 29, 2014 12:35 am 
Desligado
Avatar do Utilizador

Registado: terça jan 07, 2003 1:28 am
Mensagens: 7353
Localização: Porto
Excelente João. Agora só falta a perna ate Lisboa!

_________________
Luis Gonçalves
Sócio Nr. 001
Imagem


Topo
   
 Assunto da Mensagem: Re: Voando na prestigiada Emirates
MensagemEnviado: sábado nov 01, 2014 12:56 am 
Desligado

Registado: quarta out 14, 2009 11:39 am
Mensagens: 135
Localização: Mafra
Caros,

Já com alguma demora, é certo, aqui está a última etapa da minha viagem à Índia com a Emirates.

O voo:

Dia: 02/04/2013
Companhia: Emirates
Voo: EK 191
Rota: Dubai - Lisboa
Horário: DXB 09h15 – LIS 14h45
Avião: Boeing 777-300 (A6-ENE) (cn 35603 – 1º voo em 08/01/2013)
Lugar: 26B (janela)
Distância: 3821 mi / 6149 km
Preço: 578,08€ (LIS-DXB, DXB-BOM, DEL-DXB e DXB-LIS)

Depois de um jantar no Dubai, seguido de uma agradável noite de conversa com duas portuguesas ao serviço da Emirates e poucas horas de sono, estava na hora de regressar a Portugal. O voo seria o EK191 com partida prevista às 9h15.

Fui de táxi, transporte acessível nesta cidade, até ao aeroporto e depressa cheguei à porta de embarque. Os meus dois amigos esperava-me naquele lugar, eles que fizeram o voo Deli-Dubai naquela noite.

Com poucos minutos de atraso começaram a embarcar os passageiros tendo utilizado um autocarro para levar os passageiros até ao avião. Vi imediatamente pela matricula do B777 que este era um dos mais recentes aviões da companhia árabe. Não estava enganado, este avião tinha apenas 3 meses de vida e foi seguramente um dos melhores aviões em que voei.

O interior do aeroporto do Dubai:
Imagem

Os voos daquela manhã:
Imagem

A caminho do B777 escalado para o voo DXB-LIS:
Imagem

A entrada no comprido avião:
Imagem

O interior do avião estava, obviamente, em excelente estado. Bancos confortáveis, a sensação de largura típica da cabine do B777, decoração agradável e um monitor individual que foi "apenas" o melhor que já tive a oportunidade de usar a bordo de um avião. Bem sei que um avião é um investimento avultado e as companhias não podem sempre apresentar aos passageiros aviões com poucos meses de utilização, mas é uma sorte quando temos um voo de longo curso num avião como este.

A cabine deste novíssimo B777:
Imagem

Imagem

Imagem

Uma vez sentado no assento 26B, partilhando parte da fila 26 com os meus amigos, vi o B777 sair dos blocos às 9h39 (atraso de 24m). Mesmo tendo dormido pouco, estava bastante desperto e verifiquei que os primeiros minutos deste voo foram afetados pela turbulência.

A ver imagens da câmara frontal no magnifico ecrã deste B777:
Imagem

Imagem

Sem sono, ouvi umas músicas no completo ICE:
Imagem

Imagem

Informação sobre o voo:
Imagem

Imagem

A tripulação, com bastantes membros portugueses e brasileiros, esteve em excelente plano. Muita atenção aos passageiros, muito trabalho e eficiência. Nos quatro voos realizados esta foi a melhor tripulação.

Também no que toca ao serviço este voo foi melhor que o Lisboa-Dubai, onde apenas foi servido um aperitivo e jantar, deixando a sensação que podiam ter servido algo antes da aterragem. Neste voo foi servido um pequeno-almoço, aperitivo e almoço. Achei este voo mais equilibrado neste aspeto. Às 10h54 serviram o pequeno almoço e às 15h31 (12h31 em Lisboa) foi servido o almoço. De notar que os horários da rota DXB-LIS-DXB foram entretanto alterados.

O menu das refeições disponíveis a bordo:
Imagem

As refeições:
Pequeno-almoço:
Imagem

Almoço:
Imagem

Num voo praticamente perfeito, um reparo para a revista de bordo. Apesar de já ser 2 de abril a revista ainda era de março.

A revista com a informação do sistema de entretenimento ICE:
Imagem

Cartão de segurança:
Imagem

Imagem

Depois do almoço, vi algumas imagens no ICE, dormi um pouco e não houve nada de especial a assinalar até à aterragem. Quando o B777 dirigia-se para a pista 21 do aeroporto de Lisboa, senti os motores a "aumentar a potência" e o avião ganhou altitude ... a aterragem tinha sido abortada. Passado uns minutos o primeiro oficial, de nacionalidade brasileira, comunicou aos passageiros que realizaram aquela manobra devido a uma emergência médica num outro voo. Às 15h18 aterrávamos em Lisboa e até tive pena de sair deste novíssimo "triple seven".

A vista da pista 21 a partir da câmara frontal do avião:
Imagem


O B777-300 A6-ENE (foto de András Soós - Airliners)
Imagem


Conclusão: O meu melhor voo na Emirates ! Um avião confortável com apenas três meses de uso, boas refeições, tripulação excelente, um ótimo sistema de entretenimento ... a Emirates muito perto da perfeição.


É já no dia 18 que regresso às "asas da Emirates", vamos ver como correrá desta vez ...

cumprimentos,

João Pedro

_________________
Imagem

João Pedro Gomes
Sócio Nr. 230


Topo
   
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar Novo Tópico  Responder a este Tópico  [ 7 mensagens ] 

Hora +01:00 UTC+1


Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 4 visitantes


Criar Tópicos: Proibido
Responder Tópicos: Proibido
Editar Mensagens: Proibido
Apagar Mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Pesquisar por:
Ir para:  
Desenvolvido por phpBB® Forum Software © phpBB Limited
Traduzido por: phpBB Portugal